Todo começo de ano é a mesma coisa. Prometemos que vamos mudar, que vamos ser saudáveis e vamos começar a malhar sério, porém após alguns dias ou semanas, aquele pique acaba e a euforia do ano novo da lugar a preguiça. Não faltam motivos para colocar a academia de lado e pular um dia de treino. O resultado são mais calorias ingeridas, mais peso na balança e indisposição.

Edson Soares dos Santos Silva, profissional de educação física da rede Just Fit de Academias dá 5 dicas simples para não sabotar nem os treinos e nem a saúde.

1- Tempo

Não precisa dedicar mais do que 45 minutos do dia para treinar. Neste período, já é possível acelerar o metabolismo, ter perda calórica e manter os níveis de condicionamento estáveis. Com a vida corrida, se uma pessoa precisar dedicar mais do que isso na academia, pode acabar não cumprindo as metas diárias.

2- Frequência

Três vezes na semana já surtem efeitos no corpo e na mente de quem pratica atividade física. Se imaginarmos que uma semana tem 168 horas, treinar 2 horas e 15 minutos por semana, ainda sobram mais 165 horas para fazer o que mais precisar e bem entender nos outros dias.

3- Tipo

Não adianta, o treino precisa agradar. Escolher a atividade que mais combina com o estilo de vida é o que vai ajudar a incorporar na rotina. Assim, também é mais fácil sentir os hormônios o prazer que são liberados durante a atividade.

large

4- Suba na balança

Não dá para encarar uma atividade física todos os dias se não estiver acompanhando o resultado. Uma boa avaliação física juntamente com um profissional da área de Educação Física é um fator muito importante para acompanhar os resultados, outro aspecto importante para acompanhar os resultados para quem não tem como pagar uma avalição, é através da percepção nas medidas das roupas, a balança também pode ser uma boa aliada nas suas metas, além disso, os objetivos só serão alcançados se a motivação for diária, por isso não fuja da balança.

5- Saúde além da estética

Com tanta informação disponível atualmente é quase inadmissível ignorar que a atividade física é o melhor remédio, sem contra indicações, que ainda previne doenças e melhora a qualidade de vida.