Nesta semana, imagens de um ensaio fotográfico de uma adolescente de 15 anos para a sua festa de debutante gerou polêmica na internet ao mostrar a jovem sendo servida e vestida por negros vestidos de escravos.

cerimonial-caso-racismo

O ensaio foi obtido da rede social da cerimonalista, responsável pela organização do evento, que tem (ou teria como tema) “Jardim Imperial”, e será realizado em Belém.

Comentários nas redes sociais condenam a atitude, configurando as imagens como racistas. De acordo com o G1, os responsáveis pela organização do evento retirou as fotos da rede e emitiram uma nota, que também já foi excluída, onde pedem desculpas e de certa forma responsabilizam a família e o produtor Gustavo Sales pelo tema.

cerimonial-caso-racismo

Já para a empresária Bianca Castilho, mãe da jovem de 15 anos, a acusação de que o ato é racismo é exagerada. “O racismo é uma acusação pesada. Em nenhum momento passou pela nossa cabeça menosprezar uma raça, tanto que em nossa família existem negros e índios”, declarou em entrevista exclusiva ao G1.

Bianca que em nenhum momento pede desculpas pelo ocorrido, apenas culpa quem iniciou a polêmica e disse que sua família está assustada com a repercussão das fotos. “Elas foram interpretadas de forma deturpada”, considera. De acordo com a empresária, a família avalia a possibilidade de acionar a Justiça.

Lamentável!!!!