De acordo com uma nova pesquisa, quatro milhões de homens gays foram vítima de violência física grave em 2014. Estes números chocantes foram divulgados pelo PlanetRomeo antes do lançamento do Índice Gay de Felicidade no Dia Internacional Contra a Homofobia (17 de Março).

A rede de namoro gay, em cooperação com a Universidade de Mainz, na Alemanha, questionou 115.000 homens gays de 127 países para a pesquisa.

Quando aplicamos os resultados da pesquisa à população do mundo inteiro, o resultado estimado é chocante“, disse a empresa em um comunicado.

É um fato conhecido que 1/3 dos países continuam considerado a homossexualidade como um crime, e em sete países os gay são punidos com a morte.

Supondo que 2,5% de todas as pessoas sejam gays e que há pelo menos 175 milhões de habitantes no mundo, a pesquisa também descobriu que 13 milhões de homens homossexuais são expulsos de sua casa de família, 41 milhões quer sair de seu país de origem e 66 milhões ainda não saíram do armário para os seus pais.

Outras 22 milhões de pessoas foram demitidos ou não conseguiram emprego por serem gay e 7.000.000 estão em casamentos heterossexuais.

Até agora não era possível pesquisar para os gays sobre suas vidas pessoais, em uma escala global. Mas graças a difusão da Internet, e ao alcance de plataformas de namoro gay como o nosso, podemos mudar esta realidade“, disse Jens Schmidt, o CEO e fundador da PlanetRomeo.

Infelizmente o resultado mostra que a realidade no Brasil, embora não seja tão crítica como no leste europeu, esta longe de ser a desejada, e a encontrada em países de primeiro mundo e até mesmo em alguns dos nossos vizinhos, como Chile, Argentina e Uruguai, figurando na 39 posição no ranking, que pode ser conferido no site oficial do GHI – Índice Gay de Felicidade (em inglês).